quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Boi gordo - Cenário é favorável

O preço referência atual do boi gordo (R$ 105,00/@, a prazo, livre de imposto) é 37,8% maior que no início do ano. Em 2009, devido à crise deflagrada em 2008, agindo sobre a demanda, o preço na segunda quinzena de outubro era 10.9% inferior ao do início do mesmo ano.

Importante destacar que em 2008, o boi gordo sofreu forte alta e, mesmo com crise, começou 2009 valendo R$ 85,00/@, a prazo, livre de imposto, em termos nominais. Ou seja, o preço do boi gordo ainda não tinha caído tudo o que cairia com a crise (e a safra), chegando a R$ 75,00/@ em março.


Em 2008, antes da crise, entre janeiro e outubro, o boi gordo tinha subido 25%, pouco mais do que a alta do mesmo período de 2007, de 22,2%.

Apenas em 2005 e 2009, os preços em outubro estavam menores que no início do ano. Em 2009, tivemos o efeito da crise já citado e em 2005, em outubro, ocorreram focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul, cujos efeitos sobre os preços dispensam maiores explicações.

Com informações Scot Consultoria

Mercado de carne bovina está batendo recordes de preço

O atacado de carne bovina está sob forte pressão de alta. Os cortes sem osso, em São Paulo, ficaram 9% mais caros, em média, nos últimos sete dias. Desde o início de outubro, a valorização acumulada já chega aos 20%.

No mercado de carne sem osso, as peças estão em alta e batendo recordes de preço. O traseiro avulso, cotado a R$ 8,80/kg, na última quarta-feira, dia 27, registrou o recorde para esse produto.

A arroba em São Paulo, que já é negociada em alguns casos acima dos R$ 105, à prazo, livre de Funrural, pressiona o mercado de carnes. Veja mais sobre agronegócio.

Para o curto e médio prazo, novos reajustes não são descartados, já que o boi gordo deve se manter em alta, dada a dificuldade em comprar boiadas, e, além disso, à medida que se aproxima o final do ano, o consumo de carne tende a crescer com pagamento de décimo terceiro salários e bonificações.

O limite para essa alta provavelmente ficará por conta da demanda.


Com informações Alex Santos Lopes da Silva - Scot Consultoria

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Nelore MS e ABCZ realizam prova de ganho de peso

Termina no próximo dia 25 de novembro uma das mais importantes provas de ganho de peso (PGP) realizadas em Mato Grosso do Sul. Promovida pela Nelore-MS - Associação Sul-Mato-Grossense de Criadores de Nelore e ABCZ - Associação Brasileira de Criadores de Gado Zebu, a prova apontou na semana passada novos dados.

A parcial apresentada no Dia de Campo, realizado na semana passada em Campo Grande-MS, revela alguns números relevantes da competição, que conta hoje com 311 animais (274 Nelore, 13, Brahman, 13 Guzerá e 11 Tabapuã) de 84 criadores dos Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo e Goiás.

A Prova de Ganho de Peso da ABCZ/Nelore MS teve início no último dia 10 de junho e só será concluída no dia 25 de novembro.

Com informações Correio do Estado

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Aberto o período de estação de monta Genética Aditiva


Confirmado para o dia 1º de novembro o início da estação de monta 2010/2011 de matrizes Genética Aditiva.

Devido ao criterioso processo de seleção para as características: fertilidade e precocidade sexual, todas as vacas participam do processo de inseminação artificial sem repasse e as novilhas de 11-14 meses entram em estação de monta com reprodutores de 24 meses de idade.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

REM Quartudo possui sêmen na Central Bela Vista

Mais um touro Genética Aditiva é destaque em centrais. O reprodutor Nelore PO REM Quartudo (REM 3914) cuja data de nascimento é 13/10/2005, é top 0.1% e possui MGT 18.00. No momento, o sêmen deste reprodutor se encontra na Central Bela Vista, em Pardinho - SP. Veja abaixo suas características:



Rem Quartudo é TOP 0.1% para características como DP 365 e MTP 120.


Consulta Pública de Touros - ANCP

REM Quartudo é filho de Quark Col., que também é top 0.1%. Confira sua genealogia:


Por Bárbara Ferragini