segunda-feira, 12 de julho de 2010

Relação de troca entre boi gordo e bezerro melhora

Mercado de reposição frouxo para as categorias mais jovens, em comparação com aos demais. Esse cenário é devido ao pequeno aumento da oferta de bezerros, ainda que de forma localizada, ao mesmo tempo em que a demanda está enfraquecida. A maior procura tem sido pelo boi magro.
Com isso, as alterações registradas foram: queda na cotação do bezerro e alta para o garrote e boi magro em algumas praças, melhorando a relação de troca entre o boi gordo e o bezerro.

Em São Paulo, por exemplo, houve recuo de 1,4% nos preços do bezerro desmama e no Mato Grosso do Sul, queda de 0,7% para a mesma categoria.

A piora das condições das pastagens e a menor movimentação no mercado do boi gordo ajudam a esfriar as cotações.

Na região Sul, o gado já está em sua maioria em processo de engorda nas pastagens de inverno. O maior volume de negociações com o boi magro já foi realizado.

Em São Paulo, Goiás e Mato Grosso, o boi magro anelorado de 12@ está cotado em R$ 1.080,00; R$ 1.000,000; R$ 920,00/cabeça, respectivamente.

Com informações Scot Consultoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário