quarta-feira, 30 de junho de 2010

Mercado do boi segue firme

O mercado do boi gordo está firme, oferta enxuta e escalas curtas. A proximidade do início do mês (quando o consumo tende a melhorar) faz com que os frigoríficos tenham maior necessidade por animais.


Veja na figura abaixo os preços do boi gordo desde o início do ano. O aumento de oferta observado entre o final de abril e o início de maio não foi suficiente para uma queda expressiva na arroba.



O preço do boi gordo está no patamar mais alto em 2010.

No período de desova de animais, causada pela diminuição da qualidade da pastagem, a partir de maio, a redução no preço foi pequena, como pode ser observada no gráfico.

Em 2009, no fim de junho, o preço do boi gordo registrava queda de 5,75%, também influenciado pela crise econômica iniciada no fim de 2008.

Hoje, ele vale 7,6% mais que no começo de janeiro.

Daqui até o início da oferta de animais de confinamento não há expectativa de aumento expressivo na oferta de boiadas, o que deve manter o mercado firme no curto prazo.

Com informações Scot Consultoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário