sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Expoprata está em sua 5ª edição

Tem início hoje a 5ª edição da Expoprata - Feira da Indústria, Comércio e Pecuária de Nova Prata do Iguaçu (PR). O evento, que se encerra no domingo (31), conta com eventos relacionados à agricultura, pecuária e entretenimento.

A área total é de 18.000m2, sendo 4.000m2 de área coberta, na qual se encontra um parque de diversões, praça de alimentação,entre outros.

Na abertura, será lançado o selo comemorativo dos Correios. A feira conta ainda com shows de artistas regionais.

Por Bárbara Ferragini
Com informações Jornal Novo Tempo

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

ABCZ oferece cursos em fevereiro


Na próxima segunda-feira (1º), será realizado o primeiro curso oferecido pela ABCZ em 2010. O curso será de Doma e Apresentação de Zebuínos, na Estância Cinco Estrelas, em Várzea Grande/MT, entre os dias 1º e 06 de fevereiro.

Os participantes aprenderão técnicas para trabalhar, como por exemplo, a delimitação da zona de fuga de animais, como cabrestear, a forma correta de pará-los para apresentação em exposições, cuidados no transporte, posicionamento diante o jurado, toalete e banho dos animais, etc.

Ainda podem ser feitas as inscrições para o curso. Mais informações podem ser obtidas nos telefones (65) 3624 1136 com Vanessa, ou (65) 8121 2992, com Márcia.


Por Bárbara Ferragini
Com informações ABCZ

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Boas práticas no manejo de animais é tema de cursos do Mapa


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) oferece informações sobre cursos e treinamentos para criadores que tenham interesse em adotar boas práticas no manejo de animais.

A preocupação com o bem-estar animal é uma exigência atual de mercado e envolve cuidados no manejo e transporte para reduzir o estresse e evitar sofrimentos desnecessários ao rebanho.

No Brasil, a Instrução Normativa Nº 03/2000, regulamenta técnicas sobre abate humanitário e recomendações sobre alimentação, manejo e instalações adequadas.

Mais informações podem ser obtidas no site do Mapa.

Por Bárbara Ferragini

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Curso de julgamento de raças zebuínas será oferecido em Avaré


Entre os dias 12 e 13 de março, será realizado em Avaré(SP), curso de noções em Morfologia e Julgamento das Raças Zebuínas. O evento será realizado na 45ª EMAPA, no Recinto de Exposições Fernando Cruz Pimentel, localizado na Avenida Mário Covas e também no Sindicato Rural de Avaré, localizado na rua Rio de Janeiro, 1723, Pinheiro Machado.

O curso tem como objetivo capacitar o participante para o desenvolvimento da interpretação de características morfológicas nos zebuínos relacionados à produtividade, funcionalidade e padrão racial, bem como, atender a dinâmica de julgamento praticada nas pistas das exposições agropecuárias brasileiras. Ao final do curso, cerficados serão emitidos pela ABCZ.

O público-alvo são criadores e selecionadores, profissionais e estudantes das áreas das ciências agrárias, colaboradores das fazendas e afins.

A coordenação geral é da Br Agrocursos e a coordenação técnica da ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebú), Central Biovita e Progênie Genética e Consultoria Ltda.


Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.bragrocursos.com.br/inscricoes.php.

Por Bárbara Ferragini
Com informações de Br Agrocursos

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Nova diretoria do CRMV-MS assume no final do mês


No próximo da 20 de janeiro, a nova diretoria do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul (CRMV-MS) assume administrativamente a entidade. Quem passa a comandar o órgão que congrega médicos e veterinários é a médica veterinária Sibele Cação.

A cerimônia de posse acontece no dia 05 de março, em solenidade a partir das 19h30, no auditório do CREA-MS.

A nova dirigente completou no ano passado 22 anos de profissão e a partir de agora, decidirá por três anos, os rumos do CRMV/MS.

Por Bárbara Ferragini
Com informações de Agroin

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Como evitar a mosca-dos-estábulos

Após a picada do inseto, animais ficam tontos e rodopiam, deixam de comer e morrem.


A chuva acima da média no segundo semestre do ano passado foi responsável pelo surto da mosca-dos-estábulos na região de Dourados (MS). A praga acarreta prejuízos para pecuaristas e produtores, uma vez que a larva do inseto se desenvolve em detritos animais e vegetais.

É na palha de cana-de-açúcar que buscam o que precisam e assim, em regiões de usinas de moagem de cana, a ocorrência do surto é maior.

Para que não ocorra o mesmo com os seus animais, confira algumas dicas para prevenção do surto da mosca, também conhecida popularmente como mosca-do-bagaço.

Nas fazendas, o ideal é manter a higiene nas instalações, evitando os resíduos de fezes e alimentos. Revolver o material da compostagem duas vezes por semana e drenar a água da chuva. Quando necessário, utilizar inseticidas apropriados na dose correta e sempre procurar a assistência técnica, especialmente quando os produtos de controle não estiverem fazendo o efeito desejado.

Já nas usinas, o cuidado é outro. Deve-se incorporar a palha da cana ao solo, e se possivel, não distribuí-la em terreno encharcado com água de chuva. Outra medida a ser feita é distribuir o vinhoto que resulta na moagem de cana de forma fracionada em duas etapas ao solo, com intervalo suficiente para que seja rapidamente absorvido.


Por Bárbara Ferragini
Com informações de Embrapa Gado de Corte
Foto: inovadefesa.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Programação da Showtec 2010 é divulgada


O foco da Showtec deste ano, segundo a Fundação MS, organizadora do evento, será a mostra de tecnologias que assegurem a sustentabilidade ambiental e econômica do agronegócio brasileiro.


A programação oficial da 14ª edição da feira, que neste ano será realizada entre os dia 2 e 4 de fevereiro em Maracaju (MS), já foi divulgada. Segundo a assessoria, nos três dias serão demonstradas 160 variedades de soja e milho (tradicional e transgênica) – com produtos voltados exclusivamente para o Mato Grosso do Sul - além das cultivares de sorgo e girassol.


Na apresentação de novas técnicas de gestão e manejo, serão apresentadas palestras e giros tecnológicos voltados exclusivamente para a proteção de plantas, equilíbrio nutricional, fertilidade do solo voltada a alta produtividade, uso correto de corretivos e fertilizantes, e novas ferramentas, implementos para a agricultura de precisão.


A feira contará com uma área útil para demonstrações da exposição de 150 mil metros quadrados, onde estarão presentes mais de 100 empresas ligadas ao setor produtivo apresentando cerca de 500 tecnologias agropecuárias.


A Showtec já está Inserida no calendário oficial de eventos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e conta com a promoção do governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul).


Por Bárbara Ferragini
Com informações de Famasul.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Exposições de Nelore recebem novas regras para atuação de jurados



Foram implantadas novas normas para a escolha e atuação dos jurados nas Exposições Oficiais do Ranking Nacional Nelore. A ação é uma iniciativa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), em conjunto com a Comissão de Jurados das Raças Zebuínas.


Segundo os organizadores, o objetivo é buscar a imparcialidade e qualidade técnica dos julgamentos realizados nas exposições, promover a rotatividade, assim como o treinamento e renovação do quadro de jurados atuantes nas exposições.


O novo sistema já está em vigor desde 1º de janeiro e é válido para o Ranking Nacional Nelore 2009/2010. Desta forma, os organizadores de exposições deverão verificar os jurados disponíveis no Quadro de Julgamentos, que podem ser acessados nos sites www.nelore.org.br e ww.abcz.org.br.


Mais informações, bem como o regulamento na íntegra podem ser encontrados no site www.nelorems.org.


Por Bárbara Ferragini
Com informações de Nelore MS

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Bons resultados no agronegócio ajudaram Brasil a sair da crise

Na última sexta-feira (08), foram anunciados números de exportação e importação do último ano, pelo ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes.

Segundo Stephanes, os números são resultados dos esforços na resolução de questões sanitárias e a diversificação dos mercados compradores, que fizeram com que o Brasil conseguisse passar pela crise financeira mundial, com bons resultados na balança comercial do agronegócio em 2009.

As exportações de produtos agropecuários, em volume, praticamente se mantiveram estáveis, na comparação com as vendas internacionais recordes de 2008, com queda de apenas 0,4%. Com a retração dos preços, o valor das exportações reduziu 9,8%, em relação ao ano anterior, alcançando a cifra de US$ 64,7 bilhões.

O ministro afirmou ainda que neste ano que se inicia,o MAPA (Ministério da Agricultura e Pecuária) continuará realizando gestões para aumentar as exportações de carne bovina para a União Europeia, carnes para a China, Japão e África do Sul.

Por Bárbara Ferragini
Com informações Nelore MS

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Agronegócio 2010 - Câmbio preocupa mais do que demanda

A reação da economia mundial e o câmbio vão determinar os ganhos do setor de agronegócio brasileiro neste ano.

No caso da líder soja, o desafio será encarar a chegada de uma supersafra na América do Sul, após recorde também nos Estados Unidos. "O bom é que o ritmo de consumo dos chineses é exuberante", diz Fernando Muraro, da AgRural.

"Realmente não há preocupação de demanda para este ano, mas a incerteza virá do câmbio", completa Anderson Galvão, da consultoria Céleres. As exportações do complexo soja podem trazer de US$ 16 bilhões a US$ 17 bilhões neste ano, segundo o mercado.

O cenário deve ser melhor também no setor sucroalcooleiro. A produção de álcool aumenta e os preços devem ser melhores do que os de 2009. O valor do açúcar deve permanecer em bom patamar no mercado internacional, mas o deficit mundial do produto cai, pressionando menos os preços. Para José Vicente Ferraz, diretor técnico da AgraFNP, as exportações do setor devem render US$ 10,5 bilhões.

Este ano será mais favorável também para as carnes. Melhoram as demandas externa e interna. Mas a melhora de cenário pode refletir pouco na renda dos produtores, principalmente no setor de carne bovina.

A concentração veio mais rápido do que se esperava, e "a indústria já tem participação significativa na formação dos preços no Brasil", diz Ferraz.

As carnes devem render US$ 11,5 bilhões nas exportações. A de frango lidera (US$ 5,9 bilhões), seguida da bovina (US$ 3,9 bilhões) e da suína (US$ 1,3 bilhão), segundo a AgraFNP.

As receitas com café, outro importante setor da balança, ficam entre US$ 4,6 bilhões e 4,8 bilhões, "em face da recuperação do mercado", diz Guilherme Braga, do Cecafé (associação dos exportadores).

Já o mercado de suco de laranja, após ter experimentado recuperação em 2009, voltará a ter uma média de preços superior neste ano, diz Maurício Mendes, presidente da AgraFNP e membro do Grupo de Consultores em Citros.

O setor enfrenta, no entanto, um recuo no consumo mundial, o avanço do "greening" (uma doença que afeta seriamente os pomares do Brasil e dos EUA), além de uma forte concorrência do surgimento de outras bebidas.

Na avaliação de Mendes, as exportações deste ano crescem e devem atingir US$ 2 bilhões.

Fonte: Folha de São Paulo